«Todas as notícias

COMO SELECIONAR UM BOM COACH?

Quando pensamos em contratar alguém para fazer qualquer serviço dentro da nossa casa, o que vem a nossa mente? Quem eu posso contratar a ponto de confiar a minha casa, minha família, meus bens, minha intimidade?

Além disso, será que essa pessoa sabe fazer exatamente o serviço que eu estou contratando e como eu desejo? Nossa... e quanto que ela vai me cobrar para executar todo este serviço? será que ficará muito caro? Será…

Muitas são as dúvidas na hora de contratarmos um serviço, isso vale para qualquer tipo de profissão. 

Baseado nos exemplos acima expostos, seguem as mesmas preocupações na hora de escolher um BOM COACH.

"Afinal a contratação deste profissional COACH, não é aconselhamento ou resolução de problemas, ou uma simples atividade de consertar as coisas. O Processo de Coaching requer o estabelecimento de um relacionamento vital, durante um determinado tempo, com um cliente que está à procura de clareza e das habilidades necessárias para fazer mudanças em sua vida". (Vicky Bloch é professora da FGV, do MBA de recursos humanos da FIA e fundadora da Vicky Bloch Associados).

Portanto as dicas da Inner Light Coaching, para escolher um bom Coach, são:

 

FORMAÇÃO: Procure saber onde o Coach fez o curso de formação para se intitular dessa maneira e aplicar processos de Coaching, PESQUISE quais cursos ele fez e em quais instituições, se preciso, ligue nas instituições para confirmar e até mesmo para entender qual foi o tipo de formação que esse profissional teve.

É muito importante saber disso para entender como aquele profissional vai ajudar no SEU desenvolvimento, afinal, as escolas formadoras acabam moldando os alunos de acordo com sua filosofia de ensino, o que é ótimo, pois dessa forma temos Coaches de todo tipo no mercado.

Além disso, deve ser observado na formação a seriedade e comprometimento da escola, se estão ensinando sobre Coaching mesmo ou é apenas um curso de desenvolvimento pessoal que sai dando atestado de Coach. É importante mencionar aqui que o fato de essa profissão não ser ainda regulamentada no Brasil, por estar fortemente em duas áreas de estudo, a Administração e a Psicologia, qualquer um hoje pode criar um curso e sair dizendo que forma Coaches, por isso o cuidado com a formação daquele que irá contratar é algo muito importante.

REFERÊNCIA:  Quando for escolher um Coach, procurar na internet (linkedin, leia CV, etc) pode ajudar, mas certamente o famoso boca a boca, aquela indicação feita pelo seu amigo que participou do um processo e foi bem sucedido, ainda pode ser uma excelente saída, afinal, como disse no tópico acima, confiar no profissional escolhido será de tremenda importância para o processo.

Indicação é um tipo de referência, mas se você não conhece alguém que já fez um processo, peça para o seu Coach o nome de pessoas que já fizeram o processo e permitem a divulgação e contato, podendo assim ter mais segurança ao ouvir de um cliente como foi o processo com ele.

Se ainda assim isso não dar certo, o Coach não possui clientes que permitam essa divulgação (pode acontecer em função da confidencialidade do processo, podendo ser até uma premissa do trabalho daquele profissional) e você não tem para quem perguntar, procure outras referências que te auxiliem na construção da confiança através dos tempos a seguir. LEIA DEPOIMENTOS.

CONFIANÇA: escolha alguém em quem você CONFIE!

Antes de qualquer coisa você vai precisar confiar no seu Coach, afinal é um profissional que você está convidando para acessar a sua intimidade, é um profissional que precisará entender e respeitar os seus valores, que sonhará os seus sonhos com você e o guiará até lá, fazendo papel de parceiro, motivador, patrocinador, aglutinador e guia. Só em uma relação de confiança você conseguirá desfrutar de todas essas características, bem como permitirá que ele desempenhe todos seus papéis.

Mas a confiança não se consegue da noite para o dia, não é? CRIE situações de "VERDADE" para começar a criar esse laço de confiança. Conversas iniciais e bate papos sem compromisso firmado, oferecidos pelas empresas e profissionais, servem para isto, ou seja, gerar conexão pessoal.

EXPERIÊNCIA: É claro que muitas pessoas consideram o tempo que um profissional está no mercado como sucesso e um grande indicador de que o mesmo é alguém que mereça confiança e respeito. É verdade! Mas antes que confie cegamente em um profissional que está no mercado por muito tempo ou desconfie daquele que está começando, ficam algumas dicas aqui.

Se o Coach já é consagrado, tem 10 mil horas de atendimento, tem vídeos e cases de sucesso, tem um trabalho de marketing muito bom e aparenta ser muito confiável, verifique três coisas:

  1. Como é a sua agenda: devido ao sucesso profissional, esse Coach deve ser muito concorrido, o que é normal conforme o crescimento profissional de qualquer um, então procure saber quantas pessoas ele atende por dia, como funciona o seu trabalho, quantos clientes ele está atendendo no momento, dentre outras questões referentes à sua agenda profissional.
  2. Quanto ele está cobrando por esse serviço: não que o Coach já experiente não possa praticar um preço mais em conta, claro que pode, mas procure entender a relação oferta e demanda desse profissional. Um Coach desse nível não vai sair oferecendo desconto para você sem pedir, não vai mostrar desespero para te atender, afinal ele já tem um posição de mercado que o possibilite ter confiança naquilo que oferece por um preço justo. Se achar muito barato, questione, se achar muito caro ao ponto de pensar que ele se acha acima dos outros profissionais, questione também.
  3. Ele já se cansou de ser Coach? É uma pergunta válida a se fazer, pois se aquilo se tornou uma boa fonte de renda para ele e este trabalha no automático, com certeza não será um profissional tão dedicado no seu processo, então procure saber o que ele faz para se reciclar, que tipos de trabalhos ele costumas fazer, qual tipo de processo ele gosta mais, afinal, é o SEU processo, precisa ser o mais importante da vida dele e não só mais um! (fonte believecoaching blog)
     

MISSÃO, VISÃO E VALORES: analise a missão, visão e valores da empresa, a fim de, ver se são congruentes com o que você espera de um profissional e de uma empresa para prestar serviços para você.

CONGRUÊNCIA: valide a congruência das ações do seu COACH, com a vida que ele leva, ou seja, se o que ele orienta, apoia e ensina, são de sua prática natural. ISTO GERA MUITO MAIS CONFIANÇA.

A INNER LIGHT COACHING, faz questão que você saiba todas as informações acima sobre nossa empresa e todos seus profissionais!!

 

 

CERTIFICAÇÕES NACIONAIS

 

 

 

        

Solicite contato 

 

 




 

 

contato@innerlightcoaching.com.br
Quem somos
Notícias
Contato
Para empresas
Para profissionais
Pessoal
© 2017 - Inner Light Coaching - web::CG Propaganda